Todas as figurinhas de Paulo Roberto Falcão

O capitão do tri invicto do Inter, o rei de Roma, o comentarista da Globo, o marido da Cristina. Paulo Roberto Falcão é um ídolo, é diferenciado. Que tal relembrar a carreira dele de jogador através dos álbuns de figurinhas?

Internacional – 1976

figurinha_falcao_1976

Internacional – 1977

figurinha_falcao_1977

Internacional – 1978

figurinha_falcao_1978

Internacional – 1979

figurinha_falcao_1979

Roma – 1980/1981

figurinha_falcao_80

Roma – 1981/1982

figurinha_falcao_81

Copa do Mundo – 1982

figurinha_falcao_1982afigurinha_falcao_1982b

Roma – 1982/1983

figurinha_falcao_1982

Roma – 1983/1984

figurinha_falcao_1983afigurinha_falcao_1983b

Roma – 1984/1985

figurinha_falcao_1984afigurinha_falcao_1984b

Copa do Mundo – 1986

figurinha_falcao_1986



Relembre 10 refrigerantes que deixaram saudade

Alguns sabores de refrigerantes existem até hoje com outros nomes, mas os rótulos sumiram das gôndolas do supermercado.

1. Guaraná Brahma

guaranabrahma

2. Pop Laranja

poplaranja

3. Guaraná Taí (ainda encontrado em regiões do Brasil)

guaranatai

4. Limão Brahma

limaobrahma

5. Polar

guasranapolar

6. Crush

crush

7. Cherry Coke

cherrycoke

8. Minuano Limão

minuano

9. Grapette

grapette

10. Kas Guaraná

kasguarana



O dia em que Abel Braga expulsou Argel do treino

argelfucks_abelbraga1

Argel Fucks, atual técnico do meu Internacional, disse uma frase que me fez lembrar um momento dele da época de jogador do time. Ao ser questionado sobre uma possível demissão, o treinador largou essa: “caso isso ocorra, não fico uma semana parado e já estarei trabalhando”.

Uma sinceridade que, a meu ver, desdenha do Colorado e que provoca uma sensação ruim em nós torcedores. Quisera treinar o Inter fosse o maior desejo dele, a maior realização e que não escondesse que teme sim cair fora do clube que o lançou e jogou entre 1992 e 1995.

Por outro lado, observo a ótima autoestima do técnico, que consegue se inflar ainda mais quando é alvo de críticas. Certa vez, o então técnico Abel Braga deixou Argel, recém convocado para a Seleção Brasilera, como reserva durante um treino. O resultado foi expulsão e bate-boca:

“Eu reclamei de uma falta e ele mandou sair do treino.. humpf… tá magoado comigo é? (…) Acho que um jogador de Seleção Brasileira que, como a direção falou, custa um milhão e meio de dólar (sic) não pode ficar no banco sabendo que estava fazendo grandes partidas”, argumentou Argel.

Abelão respondeu com serenidade:

“Como treinador da equipe, ele tem que respeitar o que eu mando. Certo ou errado. Não gostei da atitude dele e mandei sair. Só isso. Discordou de uma decisão, continuou falando e eu tirei do treino”, comentou o comandante.

No treino daquela tarde, Argel se arrependeu:

“Já pedi desculpas para o homem aí, gente finíssima. Eu sou jogador jovem ainda”, disse risonho.

Se Argel for mesmo demitido e se arrepender das palavras e atitudes, será que virá a público e dizer “sou técnico jovem ainda”?



Br’oz anuncia retorno após 11 anos

broz

É oficial. Os guris do Br’oz estão de volta após 11 anos longe dos palcos. Em coletiva de imprensa realizada na noite desta terça-feira (5), o grupo contou as novidades sobre o reencontro.

Filipe Duarte, Matheus Herriez, André Marinho, Jhean Marcell e Oscar Tintel seguirão turnê pelo Brasil ao som de hits como Prometida (“sim, sim, sim, esse amor é tão profundo…”) e a inédita Foi Melhor Assim.

Durante o bate-papo, o quinteto comentou que o retorno não é definitivo. Por enquanto, eles querem seguir com calma, matar a saudade do público e, em seguida, decidir pela permanência.

Cabe lembrar que o Br’oz foi o grupo formado na versão masculina do Popstar, do SBT, em 2003. O álbum de estreia vendeu 550 mil cópias. Um ano antes, o formato feminino lançou as cinco meninas que se tornaram Rouge.

O novo videoclipe está no ar:

Aproveite para relembrar a clássica Prometida:


 « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 17 »