Televisão Category Archives


O que aprendi com Rosane Marchetti

rosanemarchetti_1

Nunca fui colega de trabalho de Rosane Marchetti. Infelizmente. Ela sequer deve lembrar de mim. Entretanto, posso dizer que aprendi com essa jornalista que é referência no Rio Grande do Sul após 31 anos de RBS TV.

Em 2002, quando eu estava no primeiro semestre da faculdade, precisei realizar um trabalho para a disciplina de Introdução ao Jornalismo. A tarefa consistia em visitar algum programa de rádio ou televisão e gravar os bastidores. Escolhi o Jornal do Almoço.

Subi o morro Santa Tereza acompanhado dos colegas Leonardo Bastianello e Jonatan Escobar. Já chegamos com a câmera ligada para filmar os corredores. Quem encontramos primeiro foi Paulo Borges, que, na época, fazia a previsão do tempo. Pediu-nos desculpas por estar com pressa e não poder conversar conosco, enquanto se servia de café na máquina em frente ao estúdio.

Senti que daria tudo errado e que ninguém nos daria atenção. Mesmo assim, fomos até o camarim onde a Rosane estava se produzindo. Com uma simpatia fora do comum, não se importou em dar um depoimento sobre a profissão e a rotina dela. Aliás, pediu para que a funcionária desligasse o secador de cabelos para que não comprometesse o áudio.

Guardo com carinho o que ela me disse e adoto até hoje:

“Se tu passares todos os dias pela mesma rua, teus olhos precisam estar treinados para sempre encontrar algo de diferente nela. Isso vai fazer de ti um grande jornalista”, aconselhou.

De lá para cá, não a reencontrei mais, embora aparecesse diariamente na TV ao lado de Cristina Ranzolin. Mesmo depois do período afastada para cuidar da saúde, Rosane, indiretamente, seguiu dando grandes aulas.

Uma rica lição de que fazer jornalismo é saber contar boas e reais histórias. Começo, meio e fim. Com o coração sintonizado na alma do telespectador, assim como na reportagem do Globo Repórter de sexta-feira passada (17), que marcou a despedida dela da emissora.

Não sei qual o destino da Rosane a partir de agora. O que asseguro é que seguirá sendo exemplo de excelência profissional, além de uma guerreira que não sairá do coração dos gaúchos independente da canopla do microfone.

rosanemarchetti_2

rosanemarchetti_4

rosanemarchetti_3

rosanemarchetti_6

rosanemarchetti_5



Relembre os 12 melhores vilões de Rubén Aguirre

No dia em que lamentamos a morte de Rubén Aguirre, intérprete do professor Girafales, selecionei outros personagens com os quais o ator nos divertiu nos episódios de Chapolin. São eles:

1. Porca Solta (um louco que escapou do manicômio e por isso agride todos aqueles que falam perto dele)

porcasolta1

porcasolta2

2. Nenê (também chamado de Shory, é um bandido que aparece em alguns episódios junto de Tripa-Seca e Tonhão)

nene1

nene2

3. Poucas Trancas (criminoso capturado pela união de Chapolin e Super Sam)

poucastrancas2

poucastrancas1

4. Matadouro (também chamado de Malote, é o pirata mais cruel depois de Alma Negra)

pirata1

pirata2

5. Shory Ventrilouco (golpista que manipula o Boneco Sinforoso)

ventriloquo

ventriloquo2

6. Pancho (robô criado para serviços domésticos)

pancho1

pancho2

7. Cientista Louco (sonhava em fazer o transplante de cérebros)

cientista1

cientista2

8. Gigante (aparece na encosta do precipício da cabana para pegar Chapolin)

gigante1

gigante2

9. Symbato Yamasaki (carateca que luta com Chapolin no episódio do honorável medidor de luz)

caratecas1

caratecas2

10. Falsa Múmia (queria dar um susto na guia do museu como vingança por ela ter rompido o noivado)

mumia2

mumia1

11. Árabe (guia turístico que impede a entrada de Chapolin na pirâmide)

egito1

egito2

12. Mercenário (golpista que se passa por tio para tentar arranjar um casamento milionário)

corneta1

corneta2



Apresentadoras do Fantasia se reencontram no The Noite

fantasia_sbt_thenoite

Danilo Gentili promove o reencontro de apresentadoras do saudoso Fantasia, do SBT. Nesta segunda-feira (6), Jackeline Petkovic, Débora Rodrigues e Amanda Françozo são as atrações do The Noite.

Além do bate-papo, o público vai recordar as brincadeiras de maior sucesso no programa, como Para Bola e Na Boca do Forno. Eis um programa que marcou as tardes do SBT com umas 50 gurias lindas e muitos prêmios em dinheiro.

Atualmente, Jackeline é contratada da RedeTV! e Amanda é da Rede Brasil. Débora compete na Fórmula Truck há quase vinte anos. A cantora Tânia Mara e Adriana Colin também apresentaram a primeira (e melhor) fase do Fantasia.

Fotos: Leonardo Nones/SBT

Fotos: Leonardo Nones/SBT



O cinegrafista que processou Faustão

O Gatinhas do Domingão não passava de uma encheção de linguiça. Cada operador de câmera focalizava a garota preferida. Gaúcho era sempre o penúltimo e recebia atenção especial.

Não sorria jamais. Engolia a seco as gozações de Faustão, que iam de corno à tarado. Sempre acreditei que ele interpretava o papel de sério para dar mais graça ao quadro. Ivalino Raimundo da Silva não suportava as chacotas e insinuações. A paciência torrou de vez em 1995, quando resolveu mover processo contra o apresentador e a Globo.

Pediu 1 milhão de reais. Em entrevista, na época, Faustão mostrou-se surpreso com o ex-funcionário, que, em seis anos no programa, nunca teria reclamado das brincadeiras e que até ajudava a criá-las.

Depois de perder nas instâncias estaduais do Rio de Janeiro, a Globo recorreu ao Supremo Tribunal, que decidiu em favor de Gaúcho. Faustão e emissora foram condenados a pagar-lhe indenização por danos morais (devido à exposição ao ridículo) e materiais (por virar atração sem ser pago para isso). Entretanto, a quantia foi bastante inferior: 150 salários mínimos.

Cá entre nós, Faustão não perde a chance de zoar e criticar colegas ao vivo. Sorte dele que a moda não pegou. Acredito que, hoje em dia, o apresentador converse antes com a equipe, até para evitar surpresas como essas.


 « 1 2 3 4 »